quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Onde fazer as melhores compras (e negócios) no Dubai – Dragon Mart

Onde fazer as melhores compras (e negócios) no Dubai – Dragon Mart

O Dragon Mart é um enorme centro comercial com cerca de 4000 retalhistas e grossistas chineses, sendo a maior concentração de comerciantes da china fora da china.

O Dragon Mart tem sido tão bem sucedido e tem tanta procura que já estão a construir a expansão para que o centro comericla tenha capacidade para mais lojas.

Este shopping funciona das 10:00 às 22:00 (alguns dias encerra às 00:00 mas não tenho a certeza em que dias).

Curiosidades sobre o Dragon Mart

O Centro Comercial é mesmo em forma de dragão
Tem 1.2 Km de cumprimento
4000 lojas e a crescer
19 Milhões de visitantes por ano
2500 lugares de estacionamento
1 hotel de 3 estrelas

Se quer fazer negócios da china, o Dragon Mart no Dubai pode ser uma excelente opção

Para chegar ao Dragon Mart deve ir pela Sheik Zayed na direção ao aeroporto DXB, sair na saída que diz Interchange 1 em direção a Hatta/Oman e seguir sempre até ver o Dragon do lado direito.


Também vai precisar de ler:
É preciso visto para ir ao Dubai?
Top 10 locais para visitar no Dubai
Dicas para viagens de avião longas

Qual a moeda usada nos Emirados Árabes Unidos

Dragon Mart no Dubai

sábado, 5 de novembro de 2016

A polícia no Dubai

A polícia no Dubai


A polícia do Dubai deve ter o trabalho bastante facilitado quanto à deliquencia e crimanilidade grave e assaltos já que são quase inexistentes. No entanto aplicam-se bastante no que toca à gestão do tráfego na estrada. Acredito que o crime mais frequentemente cometido no Dubai será o excesso de velocidade pois boa parte do parque automóvel são grandes bombas.
Consequentemente, a polícia do Dubai também tem grandes bombas. Entre os carros da polícia podem-se encontrar Lamborghini e BMW i8.

De forma geral o Dubai é bastante seguro. Tenho amigos que dormem sempre com a porta de casa aberta por exemplo. Roubos e assaltos praticamente não existem.
O fato da criminalidade ser muito baixa pode talvez ser explicado pelo fato de 85% da população serem expatriados. Um expatriado se comete um crime pode perder o seu visto de residência pelo que os infratores são logo colocados fora do país.

Drogas no Dubai

O consumo ou venda de qualquer tipo de drogas é punida automaticamente com pena de prisão. Não pense sequer em levar uma ervinha para fumar!

Consumo de alcool no Dubai


O consumo de alcool é permitido para não muçulmanos. O alcool pode ser consumido e vendido apenas em locais autorizados com hotéis, bares e restaurantes. É totalmente proibido consumir alcool na rua ou estar embriegado na rua.


Também vai precisar de ler:
É preciso visto para ir ao Dubai?
Top 10 locais para visitar no Dubai
Dicas para viagens de avião longas
Qual a moeda usada nos Emirados Árabes Unidos

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Que é a Emaar?

Que empresa é a Emaar?


A Emaar é talvez a maior empresa imobiliária e de construção do Dubai (Emirados Árabes Unidos). Fundada em 1997, tem receitas de vários biliões e é responsável por algumas das maiores cosntruções no Dubai como o Burj Khalifa e o Dubai Mall.

A Emmar tem cerca de 60 empresas subsidiárias em tem negócios em variados países especialmente do médio-oriente. A Emaar tem projetos de grande escala em países como a India, Iraque, Irão, Paquistão, Egipto (onde estão a fazer a nova biblioteca de Alexandria), Turquia, Siria, Arábia Saudita, libia e Estados Unidos.

Inicialmente a Emaar era detida a 100% pelo governo dos Emirados Árabes unidos. No entanto ao longo do tempo o capital da empresa veio sendo aberto ao público e atualmente boa parte do capital da Emaar está disperso na bolsa.

Na passagem de anopara 2015 a Emaar organizou e financiou um espetáculo que ficou no Guiness como a maior fachada de LED iluminada com 70 000 LED’s na fachada do Burj Khalifa.

A Emaar realizou muitas outras obras como a Dubai Fountains, Dubai Creek residences e a Dubai Marina.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Porque incham os pés quando se anda de avião?

Porque incham os pés quando se anda de avião?


Nas viagens de avião (especialmente nas longas) pode ocorrer aquilo que algumas pessoas chamam de Sidroma da Classe Económica. É claro que não acontece só na Classe Económica mas esta espécie de Sindroma pode ocorrer mais facilmente nos espaços apertados da Económica.

Existem dois motivos principais para os pés incharem durante as viagens de avião mais longas: o fato de passar bastante tempo sentado sem se mexer reduz a circulação sanguinea nas pernas e nos pér e a pressão geranda pela altitude do avião também não ajuda à circulação do sangue nas pernas.

Há no entanto soluções para os pés inchados e para ajudar à circulação do sangue nas pernas durante a viagem de avião:


  • Tire os sapatos e faça a viagem descalço
  • Levante-se sempre que sentir os pés inchados. Pode levantar-se e andar um pouco pelo avião de hora em hora e vá descalço sem problema
  • Use meias de compressão
  • Evite bebidas alcoolicas
  • Mantenha-se hidratado com muita água ou sumos


Passar demasiado tempo sentado e ignorar o inchaço dos pés pode mesmo dar em complicações como trombofonbites: pequenas tromboses ou trombos que entopem uma veia da perna. Um estudo revelou que uma em cada 10 000 pessoas pode ter este tipo de problema.

Se vai fazer uma viagem longa consulte também 23 Dicas essenciais para viagens de avião longas.

O Sistema de saúde no Dubai

Sistema de saúde no Dubai


No Dubai e nos Emirados Árabes Unidos existe um sistema de saúde público e o privado. No entanto, a maioria das pessoas vai ao privado sempre que necessita pois quase todas as pessoas têm seguro de saúde.

Tanto os hospitais públicos como os privados são dos mais evoluidos do mundo. O sistema de saúde do Dubai é extremamente evoluído tanto ao nível de infraestruturas como ao nível dos profissionais de saúde.

Se precisar de cuidados de saúde no Dubai vou ao público ou ao privado?


Apesar de existirem hospitais públicos, apenas 20% das pessoas vão a estes e aparentemente as pessoas naturais dos Emirados estão a ter prioridade sobre os estrangeiros por exemplo na estrada das urgências. É claro que estrangeiros ou nacionais são atendidos e os cuidados de saúde são quase gratuítos mas parece que os hospitais públicos estão a incentivar mais os estrangeiros ir ao privado.

Posso suportar um hospital privado no Dubai?

Sim, 85% da população dos Emirados são estrangeiros e a maioria vai ao hospital privado. No entanto aconselhamos vivamente a que tenha um seguro de saúde ou seguro de viagem (a não ser que seja rico claro). Os cuidados de saúde no hospital privado podem ser bastante dispendiosos como aliás o são em Portugal (uma vez paguei €750 por passar uma noite no SO do Hospital da Luz).

A maioria das pessoas que vai ao Dubai como turista deve fazer um seguro de viagem que inclua a parte da saúde. Estes seguros normalmente são bastante baratos (algumas dezenas de euros) e além de cobrirem alguma urgência na parte da saúde cobrem também perdas de bagagem etc.

Se planeia viver no Dubai, deverá terem conta um seguro de saúde. Existem dezenas de opções de seguros de saúde nos Emirados e o seu custo pode variar bastante, dependendo da sua idade e do quanto completo é o seguro de saúde. Boa parte das empresas pagam aos seus colaboradores o seguro de saúde (ou o seguro de saúde é descontado do ordenado da pessoa).

De resto o sistema de saúde nos Emirados é cinco estrelas. Não existem listas de espera para nada e o Dubai é também conhecido por ser um destino de “turismo de saúde” i.e. estrangeiros visitam a cidade para recorrer ao sistema de saúde, fazer exames e tratamentos. 


quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Os voos do Brasil para o Dubai

Os voos do Brasil para o Dubai


De São Paulo, Brasil para o Dubai existe um voo diário operado pela Emirates. O voo sai às 01:25 da madrugada em S. Paulo e chega ao Dubai às 21:15. São quase 14 horas de viagem mas na Emirates vale a pena!

O avião usado pela Emirates é um Boeing 777 com o interior tipicamente de luxo como é habitual nos aviões da Emirates. Opreço das viagens entre São Paulo e o Dubai pode rondar os 2000 reais.
Acredito que também existam várias opções de viajar de São Paulo (ou do Rio) para o Dubai com escalas. Deverá haver várias opções de escalas na Europa ou em Lisboa e é possível que o preço seja mais reduzido.

Também vai precisar de ler:
É preciso visto para ir ao Dubai?
Top 10 locais para visitar no Dubai
Dicas para viagens de avião longas

Qual a moeda usada nos Emirados Árabes Unidos

No entanto, se procura conforto, deliciosas refeições a bordo e muito entertenimento com filmes e música, o ideal é a Emirates.


Expo Dubai 2020

Expo Dubai 2020

“Conetar mentes e criar o futuro” é o lema da exposição mundial de 2020 a realizar-se no Dubai.
A exposição mundial de 2020 vai realizar-se de Outubro de 2020 a Abril de 2021.

O Dubai concorreu contra cidades na Turquia. Russia, São Paulo no Brasil mas ganhou a votação para receber a exposição mundial de 2020 com a maioria dos votos.

Sendo o lema “Conetar mentes e criar o futuro”, a Expo 2020 do Dubai tem como sub-temas a Sustentabilidade, Mobilidade e Oportunidade.

Espera-se que a exposição mundial de 2020 no Dubai venha criar 277 000 postos de trabalho e atualmente já decorrem obras a toda a velocidade e muita construção para albergar a feira entre Abu Dhabi e o Dubai.

Esta Expo 2020 pode muito bem viar a ser uma das mais bem sucedidades de sempre, já que se espera que o número de visitantes possa ascender aos 100 milhões.
Na zona de Jumeirah Lakes Towers já se constroi aquilo que vai ser o mais alto edificio comercial do mundo e que se vai chamar Burj 2020. Da zona de Jumeirah Lakes Towers e Jumeirah BeachResidence já se pode ver também a construção da maior roda do mundo.

Para o Dubai 2020 está também em curso o maior projeto de energia solar de sempre (os Emirados já têm a fantástica experiência de Masdar City, a primeira cidade do mundo com zero emissões de carbono).

O número de países a participar na exposição será segundo a organização de 180.
A exposição vai ocupar uma área com 4Km de cumprimento e 1.8Km de largura.

Os patricinadores oficiais ao momento são a DP World, a Emirates e a Etisalat.

Se vai viajar para o Dubai, aproveite para ler:

Top 10 locais para visitar no Dubai
Dicas para viagens de avião longas
Qual a moeda usada nos Emirados Árabes Unidos
Como cumprimentar um Muçulmano


terça-feira, 1 de novembro de 2016

O respeito pelos direitos humanos e condições do trabalho do Dubai

O respeito pelos direitos humanos e condições do trabalho do Dubai


Muito se fala do desrespeito pelas condições no trabalho por parte das autoridades dos Emirados e por parte das empresas de construção no Dubai. Pois... não concordo!

Tenho a mania de meter conversa com muita gente e já devo ter falado com pelo menos 150 paquistaneses e indianos que trabalham no Dubai, muitos deles na construção. Sabes que mais? Todos me disseram que adoram trabalhar no Dubai! Acredito que não tenham  uma vida fácil a comparar com os standards ocidentais. No entanto a maioria está bem melhor do que estavam no país de origem (caso contrário também não se mudavam e queriam trabalhar no Dubai.

Todos os trabalhadores da construção do Dubai com quem falei vivem em casas coletivas. Chegam a trabalhar 12 horas por dia e por turnos. Uma vez que durante o dia faz muito calor e existe muita pressão para cumprir os prazos das obras, a maioria das obras trabalham também durante toda a noite. Todos os trabalhadores com quem falei enviam dinheiro para a família. Muitos destes trabalhadores paquistaneses chegam a enviar €500 por mês para casa o que para eles é muito bom.
É falso que os trabalhadores sejam obrigados a trabalhar com temperaturas de 50º. Existe uma lei que obriga as obras a parar das 12:00 às 16:00 nos meses de verão.

Acima de tudo, literamente todos com quem falei, desde trabalhadores da construção, taxistas a empregados de lojas e restaurantes, todos gostam de trabalhar no Dubai e estão muito agradecidos pela vida que têm.

Qual a melhor época para visitar o Dubai

Como deslocar-me no Dubai
É preciso Visto para viajar para o Dubai?

Operários da Construção no Dubai